Veja-se também: Preâmbulo
Veja-se também: Introdução

O Derradeiro Combate
do Demonio

Prefácio do editor


     Um hipotético homem da rua ficaria surpreendido se lhe dissessem que o ataque terrorrista de 11 de Setembro de 2001 nos Estados Unidos e o escândalo sexual que agora desmorona a Igreja Católica são acontecimentos que se relacionam muito de perto. Mas, efectivamente, relacionam-se mesmo muito de perto. Tal relacionamento acaba por se tornar evidente quando ambos os factos são observados através do prisma da Mensagem de Fátima.

     Muitas vezes se diz que tal como vai a Igreja, assim vai o Mundo. E foi isso, precisamente, o que a Mãe de Deus veio confirmar quando apareceu em Fátima (Portugal) há 86 anos, numa série de aparições autenticadas por um milagre público e sem precedentes na história do Mundo. Até este momento, as advertências proféticas da Mensagem de Fátima foram, todas elas, cumpridas à letra - excepto uma: o aniquilamento de várias nações, que a Virgem de Fátima avisou serem as últimas consequências da falta de cumprimento em honrar os Seus pedidos.

     As aparições de Fátima foram declaradas autênticas por uma série de Papas e são agora comemoradas no Missal Romano por um decreto do Papa João Paulo II. Pois mesmo assim - verdadeiro mistério de iniquidade! -, os simples pedidos da Santíssima Virgem continuam sem cumprimento, devido a decisões calculadas de alguns dos mais altos prelados da Igreja Católica. O resultado, tal como a Senhora o predisse, é uma crise cada vez mais funda na Igreja e no Mundo, acompanhada por um sentimento crescente, mesmo entre os não-Católicos, de que estamos a assistir ao começo de um apocalipse.

     Este livro foi inicialmente idealizado como uma compilação de alguns dos escritos ou prédicas mais importantes sobre Fátima nos anos mais recentes1. Ao reunir essas obras em volume, havia o desejo de lhes dar não só uma mais ampla divulgação como uma maior vitalidade nas livrarias. Mas essa ideia foi em breve suplantada por outra melhor: reeditar artigos e prédicas como livro sob um único tema, o que lhes daria uma coesão global. Assim, e com a permissão dos respectivos autores, o Padre Paul Kramer e o grupo redactorial da “The Missionary Association” modelaram esses artigos e prédicas (a que acrescentaram bastante informação) de modo a formarem uma obra diferente de qualquer outra jamais publicada sobre Fátima.

     E foi durante o processo de ponderação e complementação destes materiais que algo notável aconteceu: houve um tema que emergiu e se impôs por si só, como se tivesse sido indicado pela Providência. Ao abordar o tema da Mensagem de Fátima sob diferentes ângulos, os vários oradores e escritores convergiam todos no sentido de uma conclusão: os eventos ocorridos em Fátima representam um ponto-foco, marcado pelo Céu, no combate que agora devasta furiosamente a Igreja e o Mundo. Ambas as crises - tanto a da Igreja como a do Mundo - se concentram em torno das Verdades divinas que se encontram reunidas, com uma concisão celeste, nas aparições de Fátima. No cumprimento da Mensagem de Fátima reside o términus destas crises gémeas. Na negação dessa Mensagem reside, em grande medida, a origem e o aumento de ambas.

     Os acontecimentos surpreendentes ocorridos em Fátima não foram um qualquer espectáculo inútil, pois Deus não toma parte em espectáculos inúteis. A Mãe de Deus desceu à terra conhecendo bem as nossas circunstâncias presentes e, com a solicitude de uma mãe, Ela veio oferecer-nos uma solução - a solução escolhida pelo próprio Deus para o nosso tempo. Assim sendo, não se pode compreender o actual estado da Igreja e do Mundo sem se compreender o que aconteceu em Fátima.

     Do mesmo modo é preciso compreender o estranho e sistemático esforço de certos membros da Igreja Católica para obstruirem o cumprimento dos imperativos celestes da Mensagem de Fátima - incluindo a Consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria, a miraculosa conversão da Rússia ao Catolicismo e o consequente Triunfo do Seu Imaculado Coração que trará ao Mundo um período de Paz. Para demonstrar a importância central de Fátima no paradigma do decurso actual dos acontecimentos mundiais, basta apenas evocar os recentes (e quase frenéticos) esforços de certos funcionários do Vaticano para “desconstruirem” e “desmitificarem” Fátima, de modo a não melindrarem diversos elementos exteriores à Igreja - em especial os Ortodoxos Russos cuja implacável oposição a Roma é mais intensa do que nunca, depois de quarenta anos de um inútil “diálogo ecuménico” com representantes do Vaticano. As páginas que se seguem apresentam provas evidentes que incriminam alguns dos mais proeminentes membros da Igreja que estão envolvidos nesta campanha contra Fátima, lançando-lhes aos pés o grande peso de culpa que lhes cabe na crise eclesial e na crise mundial que todos temos de enfrentar.

     A quem nos disser que é escandaloso o nosso empreendimento de tornar pública a campanha destes indivíduos contra Fátima, só podemos responder com as próprias palavras da Santíssima Virgem: «Se atenderem a Meus pedidos, a Rússia se converterá e terão Paz; se não, espalhará os seus erros pelo Mundo, causando guerras e perseguições à Igreja. Os bons serão martirizados; o Santo Padre terá muito que sofrer; várias nações serão aniquiladas.» Ora a Rússia não se converteu. Os erros da Rússia - onde se inclui o holocausto do aborto “legalizado” - têm-se espalhado pelo Mundo inteiro. Não há Paz. E até mesmo os não-Católicos e aqueles que não acreditam vivem hoje no temor de um aniquilamento de nações. Assim, fazendo-nos eco das palavras do Papa São Gregório Magno, é melhor que surja este escândalo do que a verdade permaneça escondida - especialmente quando, como é o caso, a verdade pode impedir uma catástrofe à escala mundial.

     Submetemos a presente obra ao julgamento do Papa e também ao julgamento dos nossos leitores. Fazemo-lo publicamente, porque os inúmeros e veementes pedidos apresentados a título particular e durante mais de cinco anos às altas autoridades da Igreja foram, todos eles, inúteis. Entretanto, aqueles que rodeiam o Papa - de saúde cada vez mais frágil - tornam-no efectivamente incapaz de corresponder às petições de toda uma legião de membros do Clero e de leigos. Neste preciso momento, há uma vigília ansiosa junto do leito de um Papa moribundo, com possíveis sucessores ao trono pontifício manobrando, na sombra, para obterem uma posição de vantagem no próximo conclave. Como fica demonstrado pelo encobrimento de longas décadas de escândalos sexuais entre os membros do Clero, nas circunstâncias presentes o foro público é o único foro, aberto aos Católicos, que procura a reparação pelas justas queixas que afectam toda a Igreja.

     Ao apresentar este livro, a nossa motivação é a de fiéis filhos e filhas da Igreja, que conhecem e amam a Fé e que, em consciência, acreditam que o caminho tomado por certos líderes da Igreja é um caminho gravemente errado - como os acontecimentos recentes deveriam mostrar, à evidência, a qualquer observador objectivo. Se acaso errámos em alguns dos factos, na lógica de raciocínio ou nas conclusões que apresentamos, ou se cometemos qualquer injustiça, o dever de toda e qualquer pessoa que ler este livro será, pois, não dirigir-nos invectivas ou fazer denúncias sem fundamento, mas sim fornecer-nos correcções legítimas e baseadas nos factos - para nosso bem, e para o Bem da Santa Igreja. Mas se aquilo que relatamos, revelamos e demonstramos é verdadeiro e conforme à Justiça, há então um outro dever que se impõe a cada indivíduo: é o dever de agir de acordo com as evidências que aqui apresentamos - agora, enquanto ainda é tempo.

Padre Paul Kramer e a equipa de redacção de The Missionary Association

8 de Dezembro de 2002
Festa da Imaculada Conceição

Nota:

1.Entre as principais fontes deste livro considerem-se: “Are There Two Original Manuscripts on the Third Secret?” (“Há dois manuscritos originais do Terceiro Segredo?” publicado no site www.fatima.org), Andrew M. Cesanek (The Fatima Crusader, nº 64, Primavera de 2000); “Cardinal Ratzinger’s Third Secret”, Padre Gregor Hesse (The Fatima Crusader, nº 66, Inverno de 2001); “Chronology of a Cover-up” (“Cronologia de um encobrimento” publicado no site www.fatima.org), Padre Paul Kramer; “Freemasonry and the Subversion of the Church (The Alta Vendita)”, John Vennari (Transcrição de comunicação in: Conferência sobre Fátima, em Roma, Outubro de 2001); “It Doesn’t Add Up” John Vennari (The Fatima Crusader, nº 70, Primavera de 2002); “Let us Hear the Witness, for Heaven’s Sake” (“-Deixem-nos ouvir a testemunha, pelo amor de Deus!” publicado no site www.fatima.org), Dr. Christopher Ferrara (The Fatima Crusader, nº 70, Primavera de 2002); “Lucy and the Pirates”, Mark Fellows (The Fatima Crusader, nº 70, Primavera de 2002); “The Lying Press Conference of June 26, 2000”, Padre Paul Kramer (Transcrição de comunicação in: Conferência sobre Fátima, em Roma, Outubro de 2001); “Our Lady of Fatima vs. the Desire to Destroy our Catholic Heritage”, John Vennari (Transcrição de comunicação in: Conferência intitulada: Fátima polariza forças contra o Terrorismo, New York, Nov. de 2001); “The ‘Party Line’ and its Relationship to Fatima”, Padre Paul Kramer (Transcrição de comunicação in: Conferência sobre Fátima, em Roma, Outubro de 2001); “Pope John Paul II Gives Us the Key to the Real Third Secret” (“O Papa João Paulo II dá-nos a chave do autêntico Terceiro Segredo” publicado no site www.fatima.org), Padre Nicholas Gruner (Série de três partes, The Fatima Crusader, nºs 67-69); “The Stalinization of the Catholic Church” (Transcrição de comunicação in: Conferência sobre Fátima, em Roma, Outubro de 2001); “The Third Secret”, Padre Nicholas Gruner (Transcrição de comunicação in: Conferência sobre Fátima, em Roma, Outubro de 2001).



Balcão de encomendas de O Derradeiro Combate do Demónio:

Order On-Line Now Get The Printable Order Form
Encomende on-line Encomende pelo telefone Encomende pelo correio

Use o seu cartão de crédito para encomendar O derradeiro combate do demónio e assegure uma entrega rápida.

Marque 001-716-853-1822 (chamada gratuita) e dê-nos os pormenores do seu cartão de crédito.

Clique aqui para aceder ao nosso talão de encomenda, que pode imprimir e enviar juntamente com o seu cheque ou vale do correio.